October 22, 2020

Intermediação de Crédito: Entenda como pode ser útil para você

Para que ocorra o bom funcionamento da sociedade, é essencial que as operações de expansão possam contar com capital disponível. Nem sempre os agentes responsáveis por essa expansão têm recursos à vista. Dessa forma, faz-se necessário o processo de intermediação de crédito. É ele que possibilita, entre outras coisas, o crescimento sadio de toda a nação.

Neste artigo, vamos apresentar o que é uma operação dessa natureza e como ela funciona. Você saberá quem são os agentes envolvidos em uma operação de intermediação, conhecerá quais são os tipos existentes e verá os benefícios trazidos a todos por essa prática. Interessou na leitura? Então, prossiga!

O que é a intermediação de crédito?

Para o funcionamento equilibrado de uma sociedade, é necessário que haja operações de concessão de crédito. Isso ocorre entre diferentes personagens do meio social. Quando alguém procurar recursos, esse é denominado agente deficitário; já quem tem o valor a ser emprestado é chamado de agente superavitário.

Entre esses dois personagens surge a figura do intermediário. Trata-se do agente responsável por mediar a operação de crédito em uma sociedade. Geralmente, é uma instituição financeira, mas eventualmente pode se tratar de uma pessoa física.

Vê-se com frequência esse tipo de operação nos bancos tradicionais, quando um interessado recorre ao auxílio de um empréstimo. O banco faz então a intermediação entre o proponente necessitado e o agente detentor de recursos, geralmente um fundo financeiro que dispõe desses recursos com a finalidade de realizar empréstimos.

Quais são as modalidades de intermediação?

Existem duas modalidades de intermediação no sistema financeiro brasileiro. Veja!

Intermediação financeira direta

Essa modalidade de operação se dá por meio de depósitos em instituições financeiras ocorridas a título de aplicações. Os depositantes investem seus recursos em títulos da entidade, como CDBs e poupança. A instituição, por sua vez, intermedia os valores em formas de empréstimos quando da procura de algum interessado por crédito junto ao banco.

Intermediação financeira indireta

Nessa forma de intermediação, as empresas são as próprias emissoras dos títulos de investimentos. Como não podem ser adquiridos de forma direta pelos investidores, surge o intermediário na forma de uma Bolsa de Valores. Podemos citar como exemplo de títulos as ações das companhias de capital aberto, bem como títulos de debêntures.

Quais são os benefícios da intermediação?

É por meio dos intermediadores que se tornam possíveis os investimentos financeiros. Sem eles, esse processo seria bem mais penoso. São eles que regularizam a atividade e dão segurança ao sistema. Na outra ponta, possibilitam acesso a recursos financeiros para quem busca um empréstimo, financiando a expansão da sociedade.

A intermediação de crédito é uma atividade essencial para o bom funcionamento da sociedade. Se em uma ponta permite a rentabilização do capital aplicado a investidores, na outra permite também o acesso ao crédito para quem precisa. Essa "ponte" é essencial para o desenvolvimento de uma sociedade.

A Capital Empreendedor pode ajudar você a encontrar os melhores intermediadores de crédito. Temos expertise na área para efetuar as melhores recomendações.

Gostou do conteúdo? Siga as nossas redes sociais e acompanhe nosso trabalho. Estamos presentes no LinkedIn, YouTube e Facebook!

Nossos últimos artigos.

Sua fonte de notícias, novidades e informações sobre o mundo do crédito empresarial.