January 5, 2021

Por que você não deve mentir para o seu banco?


Por que você não deve mentir para o seu banco?

No momento de negociar a operação financeira é preciso ficar atento às informações fornecidas. É importante checar a veracidade dos dados e confirmar o valor exato para que não ocorra equívocos que possam prejudicar o processo.

Para realizar um empréstimo é necessário confiança. Por isso, declarar corretamente os valores e enviar os documentos exigidos por seu banco, fintech de crédito ou financeira, é muito importante para manter a transparência e uma negociação saudável e não cansativa. Para entender melhor os prejuízos que uma declaração errada pode causar, continue a leitura.


Quais prejuízos podem ser causados?

Um empréstimo se baseia na confiança de ambas as partes, e se o cliente declarar um faturamento errado, o banco vai saber, já que são exigidos diversos documentos, entre eles o IRPJ, além de extratos bancários e outras formas de comprovar o faturamento que foi declarado.

Na Capital Empreendedor, por exemplo, se o valor de garantia for inverídico, tudo, incluindo possíveis simulações solicitadas, serão feitas com base em um valor que não será levado ao final da negociação. Isso faz com que o prazo se prolongue e se torne cansativo e repetitivo, atrapalhando todo o andamento.


O que é necessário para evitar prejuízos?

Por isso, antes de começar a negociar, o ideal é criar um planejamento, organizar e verificar se existe compatibilidade com o seu orçamento, evitando assim atrasos no pagamento e o acúmulo de dívidas e juros. Também é interessante ter um objetivo claro e fazer todos os cálculos necessários (para isso você pode utilizar a Calculadora de CET), visto que todo empréstimo possui encargos que se somam ao valor final a ser pago pela operação.

Se você gostou de saber mais sobre a operação de empréstimo, compartilhe o conteúdo nas redes sociais!

Nossos últimos artigos.

Sua fonte de notícias, novidades e informações sobre o mundo do crédito empresarial.