April 6, 2021

Vale a pena ser um assessor de crédito? Confira 3 benefícios!

Vale a pena ser um assessor de crédito? Confira 3 benefícios!

Existem profissões que estão em alta no mercado, até porque, como muita gente sabe, momentos complexos e de crise podem esconder excelentes oportunidades para quem tiver olhos atentos e souber como direcionar estrategicamente os seus financiamentos. Por isso, você não pode deixar de entender se vale a pena ser um assessor de crédito.
Esse é, justamente, um dos ofícios que está em alta na atual conjuntura, sendo uma opção valiosa para quem está em sintonia com as novas demandas do mercado e não tem problemas em adotar a rotina de um trabalho de consultoria.

Ficou interessado? Então não deixe de continuar lendo o artigo!

1. Alto potencial de ganhos

Um dos grandes benefícios de se tornar um assessor de crédito é que essa é uma profissão com alto potencial de ganhos, sobretudo para quem souber aproveitar as oportunidades e acertar na hora do investimento.

Usualmente, os serviços oferecem uma comissão atraente, que costuma estar acima da média do mercado, inclusive com bônus por indicação.

Como se não bastasse, vale saber que o ofício nunca esteve tão em alta no país, tendo em vista que os juros baixos estão deixando o crédito para o pequeno e médio empresário muito mais barato. Para se livrar da crise que acomete o país, o empresário está procurando toda ajuda que possa achar.

2. Independência e empreendedorismo

Outro ponto que mostra que vale a pena ser um assessor de crédito é que essa é uma área que proporciona independência e empreendedorismo.

Você terá, por exemplo, ampla autonomia no relacionamento com os clientes, auxiliando as tomadas de decisão com base no seu conhecimento e análise de mercado.

Além disso, você tem a chance de empreender no setor financeiro, com total autonomia na sua carreira e nas suas decisões. Felizmente, o Brasil ainda é um oásis nesse segmento, pois temos, comparativamente com países mais desenvolvidos, poucos profissionais na área, especialmente com boa capacidade de atuação.

3. Agenda mais flexível

Por fim, não dá para falar dos benefícios de ser um assessor de crédito sem citar a agenda flexível. Isso não quer dizer que você terá, necessariamente, a liberdade de fazer todos os seus horários, mas é possível ter certeza de que os dias não serão iguais.

Para quem não aguenta mais a rotina dura de uma empresa ou escritório, isso é muito interessante.

Via de regra, o assessor costuma ajustar seus compromissos de acordo com as necessidades do cliente. Isso abre a prerrogativa de ter uma organização diferente, focando determinadas atividades, como trâmites burocráticos, por exemplo, em períodos mais calmos do dia, tendo mais tranquilidade nos outros momentos.

Como você pôde ver ao longo do post, ser um assessor de crédito é uma ideia muito interessante, sobretudo se você estiver em sintonia com o mercado e tiver adaptado à celeridade da era digital. Avalie e reflita se essa não é a oportunidade que você sempre buscou!

Gostou de aprender se vale a pena ser um assessor de crédito? Então, não deixe de conferir nosso outro post sobre empréstimos para pequenas empresas!

Nossos últimos artigos.

Sua fonte de notícias, novidades e informações sobre o mundo do crédito empresarial.