fbpx

Financiamento por capital próprio: vale a pena? Descubra agora!

Está querendo implementar um novo projeto na sua empresa, mas não quer pegar um empréstimo com bancos? O financiamento por capital próprio pode ser uma ótima alternativa!

Neste texto, você entenderá melhor como ele funciona, quais as suas vantagens e como ele se diferencia do financiamento por capital externo. Para conferir tudo isso, continue a leitura!

O que é capital próprio?

O capital próprio é aquele dinheiro investido pelo dono ou pelos sócios/acionistas daquele empreendimento. Também é considerado como capital próprio todo aquele montante que a empresa tem (também chamado de capital ativo) e os valores que ela está devendo para terceiros (capital passivo).

O capital próprio também é bastante utilizado como forma de analisar ou atestar a saúde financeira da empresa. Isso porque é por meio da quantia que ela tem que é possível que investidores e fornecedores afirmem se aquela é uma instituição segura para ser investida.

Entretanto, apenas ter um bom capital disponível não é sinônimo de saúde, afinal, é preciso também averiguar o seu índice de lucro e as dívidas contraídas pelo empreendimento.

Quais as vantagens de fazer um financiamento por capital próprio?

Uma das principais vantagens dos financiamentos feitos com capital próprio é a falta da incidência de juros, afinal, é o seu próprio dinheiro que está sendo investido na instituição.

Outro benefício desse tipo de financiamento é a maior liberdade para a aplicação de capital, pois não existe a pressão para a devolução desse dinheiro para terceiros, o que obriga as pessoas a investirem naqueles projetos que aparentam oferecer um lucro mais rápido e maior num primeiro momento.

oportunidade financiamentoPowered by Rock Convert

Entretanto, também é preciso apostar em ideias mais arriscadas de vez em quando, que podem oferecer um melhor resultado positivo ao longo prazo, ou fornecer experiências para a elaboração de novas propostas de crescimento para a empresa.

E as suas desvantagens?

O financiamento com capital próprio pode parecer bastante tentador à primeira vista, entretanto, ele também conta com algumas desvantagens que precisam ler levadas em conta pelo empreendedor.

Uma delas é que a empresa não disponibiliza de dinheiro infinito, já que o capital disponível para reinvestimentos depende majoritariamente da expansão e desenvolvimento da empresa.

Com isso, ao mesmo tempo que existe uma liberdade de aplicação pela falta de cobrança, também existe uma limitação com relação ao valor que pode ser investido, o que pode ocasionar a recusa do investimento em projetos mais caros ou com poucas chances de sucesso.

Qual a diferença entre capital próprio e capital de terceiros?

Assim como o capital próprio e aquele da própria empresa, seja por meio de investimentos dos sócios e investidores ou dívidas a serem pagas, o capital de terceiros é todo aquele dinheiro recebido por meio de empréstimos e financiamentos com bancos e outras instituições de crédito.

Ele é bastante utilizado por quem não quer ou não pode utilizar recursos próprios, almeja um crescimento mais acelerado do seu empreendimento ou para financiar projetos que necessitam de um capital maior do que o disponibilizado internamente.

Assim, ao entender o que é o financiamento por capital próprio, quais as suas vantagens e diferenças para o capital de terceiros, você poderá escolher a melhor opção para o desenvolvimento da sua empresa sem comprometer a saúde financeira do seu negócio!

Gostou do texto? Então assine a nossa newsletter e não perca os conteúdos em nosso blog!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.