July 4, 2022

Como administrar o caixa no varejo?

Como administrar o caixa no Varejo?

Muitas empresas podem passar por uma necessidade que se mostra bastante recorrente: a complementação do fluxo de caixa. Despesas inesperadas podem surgir e a falta de dinheiro reservado é uma realidade.

No entanto, uma boa solução pode ajudar nesse momento. Trata-se da antecipação de recebíveis que é uma forma de crédito para varejistas.

Este artigo enfatiza o assunto de uma forma bem abordada. Ao ler o texto, você entenderá melhor o que é esse tipo de operação e como ela funciona. Em seguida, conhecerá as formas pelas quais os varejistas podem se beneficiar dessa estratégia.

Aproveite o texto e tenha uma boa leitura!

O que é a antecipação de recebíveis e como ela funciona?

Existem situações no cotidiano de uma empresa nas quais o fluxo de caixa pode ficar descompassado. Nesses casos, uma ótima solução pode ser a antecipação de recebíveis.

Por meio desse mecanismo, um varejista pode receber no presente os valores que ainda entrariam no caixa da empresa por conta de vendas feitas a prazo, quer seja por cartão de crédito ou duplicatas. Ao antecipar recebíveis, normalmente é cobrada uma taxa percentual sobre o montante requerido, recebendo um valor ligeiramente menor do que aquele que receberia se esperasse todo o tempo necessário.

Para ter acesso a esse tipo de recebimento, a empresa precisa firmar parceria com alguma instituição que forneça o serviço: a Capital Empreendedor oferece esse serviço comparando várias opções de antecipação de diferentes instituições, garantindo que você encontre a melhor oportunidade.

De que forma esse crédito para varejistas pode ser aproveitado?

Acompanhe três formas de aproveitar o crédito passível aos varejistas.

Agilidade

Por meio da antecipação de recebíveis, é possível ter o recurso de forma prática e rápida. Como a negociação é feita diretamente com o administrador dos valores a receber, a burocracia é mínima e isso pode ser usado em prol do varejista. Uma negociação com um fornecedor, por exemplo, pode ocorrer de forma muito mais facilitada se o dinheiro já estiver em posse do empresário.

Crédito próprio

A antecipação de recebíveis acaba funcionando como uma espécie de crediário próprio no qual a liberação do dinheiro depende única e exclusivamente do varejista. Não são necessárias análises para a liberação do dinheiro, até mesmo porque o valor já pertence ao comerciante. Existe apenas a dedução das taxas cobradas e o valor já é liberado instantaneamente.

Unicidade de pagamento

Como todas as vendas são computadas por um único meio (a máquina de cartões), não existe a necessidade de negociar a antecipação com mais de um agente. Tudo pode ser feito de forma única em uma negociação simplificada. Além disso, existe a possibilidade de escolher entre receber o valor todo de uma vez ou de forma gradativa, como uma espécie de parcelamento.

O crédito para varejistas é uma ótima estratégia para manter o fluxo de caixa positivo na ocorrência de algum infortúnio, como o surgimento de uma despesa inesperada. Além disso, também pode ser usado como capital de giro e isso favorece o empreendimento do varejista. A ressalva fica por conta da análise das taxas cobradas, pois parte do lucro das vendas será doado como forma de pagamento pelo serviço prestado.

Gostou do conteúdo?

Então aproveite para seguir nosso perfil nas redes sociais. Estamos presentes no Facebook, no Instagram e no LinkedIn!

Simule grátis!

Blog
Cadastrar grátis

Nossos últimos artigos.

Sua fonte de notícias, novidades e informações sobre o mundo do crédito empresarial.